Um projecto grande...

... que começou a crescer num lugar pequenino. A estes alunos, outros se juntaram. Com os primeiros mestres, outros vieram trabalhar. A pequena família tornou-se grande, cada vez maior e, dez anos volvidos, surgiu a necessidade de se construir um edifício amplo e acolhedor por onde passaram, na década seguinte, várias gerações dos nossos rapazes e raparigas. Enriquecidos de valores intelectuais, espirituais e humanos estes jovens partiram, mais tarde, em busca de um ideal alto, para a realização de uma vida plena. Mas, nos seus corações guardam, para sempre, uma afecto muito especial ao seu Externato e, de vez em quando, eles aqui voltam à cidade de Santa Maria, a rever a sua velha casa, os seus velhos amigos-directores, professores e colegas.
Eles aqui estão, uma vez mais, a matar saudades, a relembrar tempos que já não voltam...
(Clélia Branca Morujão, 30 de Setembro de 1995)